sexta-feira, 30 de abril de 2010

Quem acredita sempre alcança!!!!

Mais uma vez - Renato Russo

Sobre o amar e o ouvir

Amamos não a pessoa que fala bonito, mas a pessoa que escuta bonito…
A arte de amar e a arte de ouvir estão intimamente ligadas. Não é possível amar uma pessoa que não sabe ouvir. Os falantes que julgam que por sua fala bonita serão amados são uns tolos. Estão condenados a solidão. Quem só fala e não sabe ouvir é um chato… O ato de falar é um ato masculino. Fala é falus: algo que sai, se alonga e procura um orifício onde entrar, o ouvido… Já o ato de ouvir é feminino: o ouvido é um vazio que se permite ser penetrado. Não me entenda mal. Não disse que fala é coisa de homem e ouvir é coisa de mulher. Todos nós somos masculinos e femininos ao mesmo tempo. Xerazade, quando contava as estórias das 1001 noites para o sultão, estava carinhosamente penetrando os vazios femininos do machão. E foi dessa escuta feminina do sultão que surgiu o amor. Não há amor que resista ao falatório.

(Rubem Alves)

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Eu... prefiro estar entre os "pobres mortais"

Máscaras, decepções, rótulos, imaginação, loucura, é isso que você recebe! Como tem gente doente no mundo! O pior é que nos permitimos cair de encantos por este tipo de gente, principalmente quando agimos com o coração... aff!

É isso ai... há quem crie máscaras para o outro, delicadamente escolhem qual combina mais, ajustam e depois fazem dela o álibi perfeito para sua falta de autocrítica...
A mesma falta de autocrítica que não permite que a pessoa enxergue sua arrogância, egoísmo, prepotência, falta de bom senso, covardia e falta de gratidão! Tão triste... passível de pena.
Jogar no outro suas frustrações... fácil viver assim, né? Fácil sair esbanjando sorrisos encantadores, já que a “perfeição e universo conspiram a seu favor”... Mais fácil ainda é sair fazendo piadas de tudo e de todos... sem perceber que os seus atos são realmente a grande piada.
Sempre me disseram que o amor e o ódio caminham lado a lado... pode até ser... mas acredito mesmo que é mais fácil esse “amor” se transformar em desprezo.
Essas pessoas que constroem castelos de isopor e se escondem dentro dele, que conquistam o que está ao alcance das mãos, que dizem não precisar correr atrás porque “são mais inteligentes” do que o resto da humanidade, que segue o fluxo natural das coisas... pessoas que se acomodam na sombra do outro, e mesmo assim reclama desse outro, sejam eles os amigos com quem mora, seja um amor do passado, presente, ou futuro, seja onde ganha o pão... nunca são bons o suficiente.
Enfim... poderia ficar horas escrevendo sobre este tipo de gente, porque infelizmente conheci bem de perto... mas pessoas assim não duram em nossas vidas, pessoas assim não conseguem estabelecer laços sinceros, porque sempre se acham melhores que os outros "pobres mortais"!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Nós é que complicamos tudo!

Ahhh... pra que reclamar da vida? Ela é boa! Nós é que complicamos tudo...

Pense no que já viveu... busque nas lembranças as sensações dos momentos mais significativos pra você. Analise o que mudou depois destes acontecimentos... vai perceber que tudo contribui para nosso crescimento pessoal.

É muito bom quando nos permitimos vivenciar o lado positivo das coisas e conseguimos entender que tudo o que passamos foi válido. Independente se foram dores, alegrias, medos, decepções, amores ou desilusões... se houve aprendizado já valeu.

Existem algumas coisas que ninguém rouba de nós, entre elas as experiências que vivemos, nossa formação intelectual e nosso caráter. Portanto, se você é merecedor de coisas boas tenha calma, continue seguindo o seu caminho com a certeza de que uma hora vai melhorar!

As desilusões e decepções machucam, mas não matam... elas ensinam a viver.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Feriado Pessoal

Quem é que nunca teve vontade de dizer tudo isso na hora da mágoa?
Se por algum motivo o coração, ou a razão não deixou... pelo menos cante, bem alto... ninguém precisa saber pra quem, nem porquê! rsrsrs

video
Hoje enfim eu dei o fora
(Bem na hora)
Arranquei a amarra
Vou cair na farra
Tchau!

Hoje não tem fria
Não tem freio, não tem fila
Não tem fardo -
É feriado pessoal

Hoje eu dei no pé
Te dei um pé
Só peço um doce vento
E pra você, um pouco mais de sal

Hoje o sol declara o fim da guerra
E não vou dar o troco:
Tu foi muito pouco
Pra eu ficar fazendo carnaval

Hoje o mundo gira
Eu viro a mesa
O tempo passa
Ficar contigo deu despesas
Te deixar vai ser de graça

Hoje o mundo gira
Que beleza: A gente passa!
Ficar contigo deu despesa
Te deixar vai ser de graça
E além de chato já perdeu a graça

E se quiser saber se eu fico bem assim,
Confie em mim:
É impossível ser melhor
Muito ajuda quem não atrapalha
Em qualquer canto tem outro canalha
Eu não fico só
(Bruna Caram)

Cai fora!

Quando penso que não terei mais surpresas, porque teoricamente conheço bem as pessoas que estão ao meu lado como "amigas", pronto! Me ferro de novo! Se não fosse trágico seria cômico.
Agora falando sério... quero esclarecer umas coisinhas... quem não quiser de mim o que está listado abaixo por favor, cai fora!

Amizade
Respeito
Companheirismo
Colo
Sorrisos sinceros
Amor
Abraços apertados
Ciúmes... justificável, pois sou escorpiana... rs
Algumas briguinhas de leve... afinal, sou geniosa
Sinceridade
Cumplicidade

Não tenho vocação para ser escada, talvez guincho (para ajudar a melhorar), mas escada nunca!!!

Pra rir!

Aumente o som...

video

Deixa...



"Deixa eu brincar de ser feliz, deixa eu pintar o meu nariz..."

Assim fica mais fácil... pelo menos para o outro.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Para o cara que me ensinou a gostar de Los Hermanos


A vida nos trás e leva de nós tantas coisas... pessoas, lugares, momentos, sentimentos, oportunidades. Há situações em que não temos o poder de decisão, e outras em que optamos por nos afastar... isso ocorre na maioria das vezes quando a proximidade causa dor... lidar com ela é mais difícil do que um dia supus.


A própria vida nos ensina que jogar a sujeira pra baixo do tapete não resolve... os anos passam e o que não foi resolvido continua sem solução, até que num dia qualquer você para e pensa... pensa e lembra... lembra e se arrepende... poderia ter feito diferente, poderia ter dado aquele sorriso ou aquele abraço... poderia ter escutado... poderia ter xingado... poderia ter colocado pra fora... mas preferiu o silêncio.

Certa vez li num livro chamado “Para Francisco” que os fatos se modificam conforme nos distanciamos deles... concordo! Afastar-nos... correr... fugir... fingir... negar! Transferir para o outro uma culpa que nem era dele, mas foi mais fácil assim.
Eu não podia, nem queria ver quem realmente era culpado, se é que existiu culpa... se é que existiu algo...

Eu sei de mim e de você... sei da nossa amizade... sei do nosso zelo, do nosso carinho... sei da nossa história, dos anos sentados lado a lado, das bagunças quando jogava São Paulo e Corinthians, sei do seu "defeito físico"(rs), do nosso desprendimento, das nossas gargalhadas nos jogos da verdade na mesa do bar... sei sim, mas sei também que tudo perdeu-se num labirinto de mágoas... desencontros... rancor... fuga... desculpe-me, mas fugir foi o melhor caminho! Ok, hoje sei que não foi tão melhor assim, mas foi o que consegui fazer.

Hoje estou aqui... estou sabendo que você escolheu caminhos diferentes dos que conversávamos horas a fio... não sei se amadureceu... creio que não... deve continuar aquele meninão inteligente de sorriso fácil... pena que sua inteligência não ajudou em suas escolhas.
Não acredito que um dia irá ler tudo isso... e se ler nem sei se vai se identificar... não me lembro se um dia te disse que você era importante... se não fiz, digo agora.

Seis anos se passaram para que eu pudesse escrever este texto... mas finalmente consegui! E quero te pedir desculpas por não ter conseguido fazer diferente... desejo que ao menos esteja feliz, e torço para que acerte seus passos.

domingo, 25 de abril de 2010

Erros...

Eu sou complicada... mas ainda ouso acreditar que as pessoas podem ser verdadeiras... por isso, quebro a cara pelo menos uma vez por semana... é fato! rs

Mesmo assim, de cara quebrada, escolho continuar acreditando... nós teoricamente aprendemos com nossos erros, e este aprendizado pode gerar mudanças em nosso comportamento ou não. Caso as mudanças não aconteçam, ai sim me afasto e pronto.

Perder a crença no outro deve ser triste... dever ser solitário... não quero ser assim, por isso insisto. Também não quero confundir fé com fantasia... apenas busco não transferir o erro de um para o outro... um é um e outro é o outro.

Tenho fé... continuarei acreditando naqueles que querem acertar, porque errar é humano! Eu já errei, erro e errarei muitas vezes. É só tentar não insistir no mesmo erro... aprender, evoluir, crescer, amadurecer, posicionar-se de maneira diferente perante uma mesma situação.

Gente, quero agradecer aos que de alguma forma foram atingidos por algum erro cometido por mim... obrigada pela segunda chance, pelo amor, por acreditarem que eu poderia fazer diferente... obrigada por permanecerem ao meu lado e por me ajudarem a viver e valorizar sentimentos como o amor, a amizade, solidariedade e confiança.

Vamos seguir em frente e fazer dos erros adubo para fertilizar a terra.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Que delícia!!!

Em casa sozinha, com o DVD da Ana rolando a mil... alto pra caramba, uma barulheira... momento louco e bom... momento meu... ouvindo “Hoje eu tô sozinha”... que delícia! Embalada pelo ritmo e letra da música... pela coreografia da minha vida, nasceu este texto...

A chuva de Outono chegou... e com ela uma liberdade há tempos perdida em mim. Sejam bem vindas!!! Chuva, limpe as impurezas do céu desta cidade... Liberdade, me ajude a me encontrar e ser feliz...

Como é bom ter as rédeas de minha vida novamente, em minhas mãos... planejar sem medo tudo que quero... executar, aceitar ou não, decidir, escolher, viver, amar, enlouquecer, sair de mim e voltar, dizer NÃO, dizer NÃO, dizer NÃO, sem precisar provar nada pra ninguém! Alívio... é isso... alívio!

Pra que pensar no que passou? É de hoje em diante! É daqui pra frente! Que venha o novo! Que venha o medo, pois só assim poderei optar por ter coragem... Que venha a solidão, pois é ela que me fará buscar novas companhias... Que venha a saudade, pois só assim saberei que posso esquecer porra!!! Que venha tudo do que me privei... venha sim... venha logo, porque estou faminta de vida!!! Porque estou sedenta de ser...

Quero cada partícula, cada sorriso, cada dia, cada passo, cada gemido... quero querer... seja bem vinda dignidade, fique para sempre, seu lugar é ao meu lado. O resto é amor e ódio... sucesso e fracasso... é raiva e perdão... que eu escolho deixar pra lá! De hoje em diante eu sou o que realmente importa!!!

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas?

Quando amo é pra valer... não estou falando apenas do amor romântico, mas sim de todo tipo de amor... toda manifestação sincera deste sentimento que é tão raro hoje em dia.

Quando amo é porque admiro... se admiro, é porque aquela pessoa possuí qualidades que me cativam e me despertam o desejo de tê-la por perto. Eu também sei cativar, sou boa nisso, me dedico para ter as pessoas que amo por perto.

Como vimos no post abaixo, segundo Exupéry, “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”... alguns interpretam esta frase como algo pesado... cativar o outro em algum momento transforma-se num fardo. Será?

Eu prefiro seguir uma interpretação mais positivista, se você cativa alguém, se causa admiração no outro, é porque se entregou e dedicou-se para isso... porém, manter os laços que foram criados, não dependerá apenas de uma das partes... ambos serão responsáveis pelos seus atos e possíveis consequências...

"Cativar significa criar laços,
Vencer barreiras,
O olhar livre de
Um coração “preso”...
Cativar significa plantar semente
E regá-las com gotas de esperanças.
Cativar significa correr para
O mar em busca
Do horizonte infinito...
Imenso,
Imaginário
E real.
Cativar significa entrega,
Dedicação, carinho, compreensão,
Busca...
Paz...
Fé...
Cativar significa
Tudo isso quando tem
Sinônimo de amor."
(Ricardo Mascarenhas)

O Pequeno Príncipe

Na infância li pela primeira vez “O Pequeno Príncipe” que tornou-se o meu xodó!
Durante diferentes períodos em minha vida repeti a leitura inúmeras vezes, e em cada uma delas aprendi algo novo sobre o relacionamento humano.
Livro teoricamente infantil, mas que faz os adultos pensar... composto por 94 páginas, contém frases mundialmente conhecidas que são inesquecíveis! Quem nunca ouviu... “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”, “Foi o tempo que dedicastes à tua rosa que fez tua rosa tão importante”, ou “Num mundo que se faz deserto, temos sede de encontrar um amigo” ... e como não aprender com estas frases?
“O Pequeno Príncipe” foi escrito em 1943, um ano antes da morte do autor francês Antoine de Saint-Exupéry.... a obra é rica em simbologismos, dentre tantos temos seus personagens, os quais nos levam a grandes reflexões e identificações: o rei; o contador; o geógrafo; o bêbedo; a raposa, esta talvez seja a personagem mais conhecida; a rosa, entre outros.
Livro de cabeceira... livro que carregarei comigo pra vida toda e que não poderia ficar fora do "Hoje Sou Assim...".
Se você ainda não leu, aventure-se, pois não é um livro bobo de criança... vá preparado para apaixonar-se!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Estamos indo bem!!!

O "Hoje Sou Assim..." está no ar há 1 mês e 18 dias, e estamos com mais de 570 visitas... por isso, deixo aqui os meus sinceros agradecimentos aos que estão de olho no blog diariamente.
Ainda tenho muito que aprender sobre este mundo pelo qual resolvi me aventurar, mas acho que estamos indo bem!
Divulguem!

E pra você... onde começa a magia?

A individualidade de cada um é que nos torna singular. E esta singularidade faz com que cada pessoa tenha atitudes diversas diante da mesma situação.

Quantas vezes você esperou um abraço, mas ao invés dele recebeu um cuidado mais racional? Isso não significa que a pessoa não se importou com você, muito pelo contrário, ela cuidou do jeito que sabe cuidar.

Quantas vezes esperou ter prioridade, mas descobriu e teve que entender, que não é a única pessoa no mundo que merece atenção? Saiba que isso não diminui seu valor e nem substitui o seu significado na vida do outro.

Quantas vezes amou a sua maneira e sentiu não ser amado só porque o outro não demonstra da mesma forma que você? Isso não torna o sentimento do outro menor, nem maior do que o seu.

A confusão começa dentro de nós... nossas atitudes se tornam modelo para o que queremos receber... nossos quereres ficam acima das possibilidades do outro... ai pronto! Começa o ciclo vicioso de nunca estarmos satisfeitos com o que nos oferecem.

Receba sem cautela o que for lhe fazer bem...

Procure entender os motivos antes de julgar...
.
Viva o melhor de cada dia e cada momento...

Entenda que cada um é como é...
Em minha opinião, a magia entre duas pessoas começa com as diferenças... quando estas diferenças são aproveitadas para que estas pessoas se completem.

Palavras do Coração

Essa mocinha me emociona...

Bruna Caram
Composição: Otávio Toledo / J.C.Costa Netto
video
São sorrisos largos
Lagos repletos de azul
Os corações atentos
Ventos do sul
São visões abertas
Certas despertas pra luz
A emoção alerta
Que nos conduz

Sonhos aventuras
Juras promessas
Dessas que um dia acontecerão
Você me daria a mão?
Todos estes versos soltos dispersos
No meu novo universo serão
Palavras do coração

Os artifícios
Vícios deixando de ser
Os velhos compromissos
Pra esquecer
São pontos de vista
Uma conquista comum
O mesmo pé na estrada
De cada um

Sonhos aventuras
Juras promessas
Dessas que um dia acontecerão
Você me daria a mão?
Todos estes versos soltos dispersos
No meu novo universo serão
Palavras do coração.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Por Isso Escolho Continuar a Caminhada

Tem dias que seria melhor nem sair da cama... hoje é um deles!
Não quero agradar ninguém sabe, nunca fui assim e não serei agora... faço todas as coisas naturalmente.

Tudo o que conquistei foi fruto do meu empenho, luta e dignidade... caminhei muitas vezes sozinha, enfrentei muita coisa, mas me mantive em pé... os que me amam e me admiram sempre estiveram ali, de olho em meus passos, e a qualquer sinal de vacilo eu sempre tive alguém para me ajudar a encontrar a melhor forma de seguir meu caminho.

Algumas pessoas são esquisitas demais!!! Sorriem quando na verdade querem pular no seu pescoço... dizem que está tudo bem quando na verdade não está, seria tão mais simples sentar e conversar... dizer o que não concordam, estabelecer um diálogo limpo... mas não, esperam que você vire as costas para destilar o veneno... Enfim, acredito em uma justiça maior que a dos homens...

Eu não posso mudá-los, nem quero... mas posso e devo me resguardar de tudo que pode me fazer mal... para isso peço a ajuda de Deus, confio Nele e continuo minha caminhada. Porque ficar parada e alimentar a autopiedade não me faz chegar a lugar nenhum apenas me destrói.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Praticando a Surdez!


Você vai lá , faz o seu melhor, se dedica, para no final ouvir que não fez nada, ou simplesmente perceber que o outro só olha para o seu próprio rabo!
E daí, como encarar a cegueira do outro? Simples... praticando a surdez!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Propaganda gratuita!!!

Sou uma pessoa que zela pelo patrimônio da família, por isso apresento-lhes algumas obras da minha pintora preferida... minha mãe! rs
É claro que para quem se interessar, estão à venda.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Cara nova!

O Blog está de cara nova!!! Eu amei e espero que gostem também...
Bruna, muito obrigada! Ficou lindo viu! Para quem quiser te contratar qual o telefone para contato???rs
Beijo.

E você... tem feito sua parte?

Já conheci todo tipo de gente ruim que há por ai... invejosos, covardes, mentirosos, cínicos, interesseiros... pessoas cruéis... se bobear até psicopata já passou pelo meu caminho.

Mesmo assim não consigo me acostumar e nem digerir injustiças... coisas do tipo: ouvir mal de alguém e acreditar no que foi dito sem dar a ele a possibilidade de defesa. Julgá-lo, rotulá-lo, sem que ele tenha idéia do que está acontecendo... colocar em dúvida sua dignidade... criar para o outro uma identidade baseada em fofocas, disse que disse... o pior é que isso acontece a todo momento.

Estou muito longe de ser perfeita, mas sei que sou correta e de boa índole, por isso quando presencio este tipo de situação perco o chão! Mas dependendo em que ambiente isso acontece, mesmo indignada, não posso fazer nada além de expor minha opinião, o que me causa um sentimento de impotência horroroso, pois sou do tipo que defendo o meu ponto de vista, principalmente se tenho certeza de que estou certa.

Resumindo... antes de julgar alguém, vá até ele... se apresente... dê a oportunidade desta pessoa lhe mostrar que tudo não passa de um mal entendido... depois vá para casa, deite tranquilamente sua cabeça no travesseiro, pois sua parte você fez!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Mais que a mim

Esta música é linda!
video
Ouvi dizer que você tá bem
Que já tem um outro alguém
Encontrei moedas pelo chão
Mas não vi ninguém pra me abraçar, me dar a mão

Eu chorei sem disfarçar
Quando vi seu carro passar
Vi todo amor que em mim ainda não passou
Eu já não sei bem aonde vou, mas agora eu vou

Tentei falar mas você não soube ouvir tente admitir
Tentei voltar e pude ver o quanto errei
Te amei mais que a mim
Ah, bem mais que a mim, mais que a mim

Ouvi dizer que você tá bem
Que já tem um outro alguém
Encontrei moedas pelo chão
Mas não vi ninguém pra me abraçar, me dar a mão

Eu chorei sem disfarçar
Quando vi seu carro passar
Vi todo amor que em mim ainda não passou
Eu já não sei bem aonde vou, mas agora eu vou

Tentei falar mas você não soube ouvir tente admitir
Tentei voltar e pude ver o quanto errei
Te amei mais que a mim
Ah, bem mais que a mim, mais que a mim

(Ana Carolina)

Minhas raízes sertanejas!!!

Ahhhh... minhas raízes sertanejas... rsrsrs
Ok, ok, sou paulistana, mas meus avós, minha família, minha infância e adolescência, as melhores lembranças, tudo está ligado ao mundo sertanejo... Paraná, Getulina, Campinas, Palmital, Barretos, Camboriú... tempo bom demais!!!

Até hoje sinto uma coisinha dentro do peito quando vou visitar minha avó no Paraná... o silêncio, a paisagem, o cheiro de terra molhada, a comidinha, os frutos colhidos no pé, as estradas de terra, a vida pacata, a paz e a beleza singular do lugar... a pamonha e o cural, que coisa boa gente!!! Naqueles cadernos de perguntas que os amiguinhos fazem na escola, sempre respondia a mesma coisa... “Praia ou Campo?” ... Campo!!! Adoro o mato!!! rsrs

Enfim... sou feliz por não tem vivido a infância do vídeo game, nem a adolescência da internet... obrigada Deus!

Abaixo as fotos dos melhores lugares do mundo!

Pedra Branca - PR


Camboriú - SC


Getulina - SP

Olha o sol ai

Dia ensolarado... e o coração... sei lá.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Ritmo de Chuva

Atendendo a pedidos, segue mais uma musiquinha.

Composição: Peninha
video
Olho para chuva que não quer cessar
Nela vejo o meu amor
Esta chuva ingrata que não vai parar
Pra aliviar a minha dor

Eu sei que meu amor pra muito longe foi
Numa chuva que caiu
Ô gente por favor peça para ela voltar
O meu coração se partiu

Chuva traga o meu benzinho
Pois preciso de carinho
Diga a ela pra não me deixar triste assim

Os ritmos dos pingos ao cair no chão
Só me deixam relembrar
Tomara que eu não fique a esperar em vão
Por ela que me faz chorar

Chuva traga o meu benzinho
Pois preciso de carinho
Diga a ela pra não me deixar triste assim

Os ritmos dos pingos ao cair no chão
Só me deixam relembrar
Tomara que eu não fique a esperar em vão
Por ela que me faz chorar

Nostalgia

Hoje fiz uma retrospectiva de tudo que me aconteceu dos 07 aos 14 anos de idade para entregar em minha sessão de terapia. Consegui resgatar várias coisas boas do fundo da gaveta... coisas que eu nem me lembrava mais.

Me bateu uma saudade monstra desta época... como aproveitei!!! Minha maior preocupação era ser feliz... conquistar aquele menino de olhos verdes que adorava andar descalço... cativar e cultivar minhas amizades... jogar vôlei na rua... tomar banho de chuva... brincar de esconde-esconde... polícia e ladrão... contar moedas para comprar pizza com as meninas nos fins de semana... viajar para o Paraná nas férias... enfim... experiências que foram tão importantes e que em algum momento cairam no esquecimento.

É minha gente! As experiências ruins ficam gravadas com mais facilidade do que as boas... por isso, corram fazer terapia... rsrs

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Luz Negra


Maravilhosos cd e dvd da queridinha Fernanda Takai. Uma mistura do antigo cd homenageando Nara Leão e algumas músicas escolhidas a dedo pela cantora.
Vale muito a pena conferir!!!

Portas...

Hoje pela manhã, na correria, uma das meninas levou minha chave por engano e fiquei trancada em casa. Enquanto aguardava a chegada do chaveiro comecei a pensar... meus passos estavam limitados, meu direito de ir e vir momentaneamente cerceado e eu à espera de alguém para me “libertar”! Quantas vezes isso não nos acontece todos os dias??? Levam nossas chaves, trancam nossas portas e passamos a viver ali, em nosso mundinho, dentro de nós mesmos à espera de alguém que nos mostre um caminho diferente daquele que estamos acostumados a seguir. Alguém que nos entregue o pó mágico de Peter Pan, que nos faça voar e nos liberte, alguém que mantenha as portas abertas e nos entregue as chaves... alguém...

Esta espera é inútil e insana... o que precisamos entender é que apenas nós poderemos nos limitar! Se o outro tentar, cabe a nós procurarmos meios de escapar e seguir adiante...
Minhas portas eu abro e as fecho também!

sexta-feira, 9 de abril de 2010

"Verdades absolutas"

Pense antes de julgar ou falar, pois as consequências virão e podem não ter volta.
Se você tem a petulância de duvidar das verdades do outro mesmo ouvindo dele que está errado, sinto muito... a solução é focar-se nas tuas verdades, pois são as que realmente lhe interessam.
Só tome cuidado... a falta de fé e as "verdades absolutas" podem ser corrosivas, a ponto de não te permitir acreditar em mais nada, nem ninguém... no final, quando já for tarde, poderá perceber que sua verdade não fará a do outro menor, nem a transformará em mentira... será apenas sua verdade... simples assim!

Se acontecer... que seja para sempre

A boca diz não e o coração grita sim... grito firme, bem alto e cheio de sentimentalidades.

No auge das discussões, a vontade era deixar tudo para trás, sair correndo e inventar uma “vidinha” que não combina comigo. Repetimos rituais de um adeus que nunca realmente chegou porque não o desejamos de fato.
Depois a raiva passava, o amor afastava as nuvens negras do nosso céu... a saudade e as vontades voltavam com tudo, cheias de querer se instalavam em nosso peito, se apossavam dos pensamentos e possuíam nossos corpos... aí pronto! Quando nos dávamos conta, o coração havia ganhado a disputa e a boca rendia-se aos nossos beijos... é bom lembrar como era... mesmo sendo sempre tão complicado.

Pena que a leveza de viver este sentimento tão sincero e bobinho, e o desejo de concretizar nossos planos acabaram pelo irremediável sintoma que a insegurança nos causou.
Mas deixa isso tudo pra lá... são “coisas minhas talvez você nem queira ouvir”... vai se cuidando, se curando, se entendendo... enquanto isso farei o mesmo, vou alimentar minha alma com o que ainda há aqui dentro... vou caminhando sozinha, porém te levo comigo por onde eu for... nunca consegui fazer diferente e você sabe disso!

Aprendi que é assim, um passo por vez... quem sabe no final nos encontraremos novamente e viveremos o que hoje não é possível.

Se acontecer... que seja para sempre.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Descansa Coração

Fernanda Takai
(Composição: Simons & Marques / Alberto Ribeiro)
video
Cansei de tanto procurar
Cansei de não achar
Cansei de tanto encontrar
Cansei de me perder
Hoje eu quero somente esquecer
Quero o corpo sem qualquer querer
Tenhos os olhos tão cansados de te ver
Na memória, no sonho e em vão
Não sei pra onde vou
Não sei
Se vou ou vou ficar
Pensei, não quero mais pensar
Cansei de esperar
Agora nem sei mais o que querer
E a noite não tarda a nascer
Descansa coração e bate em paz

Meus dois amores...

Depois de passar anos desejando por um, a vida me deu dois grandes amores...
Me divido ao meio entre eles... amor sincero, incondicional...
Dois seres que me amam sem limites... amor singular, que beira a loucura...
Todos os dias pela manhã saímos para caminhar, o dia começa melhor assim...

Quando nos encontramos ao final do dia é uma festa, pulos, beijos, carinhos!
Então vou para a cozinha preparar algo e tentar retribuir de alguma forma tudo que recebo. Depois brincamos, corremos, fazemos uma farra! Tudo tão bom!!!
Exaustas nos jogamos no sofá, ou melhor, eu me jogo no sofá e meus amores se jogam em mim... rsrs

Meus amores são baixinhos, donos dos olhares mais doces do mundo...
Meus amores na verdade são do sexo feminino e atendem pelos nomes Duda e Manu! Apresento-lhes meus amores, minhas filhotas de pêlo...

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Recomendo!





Estou lendo o livro “As Meninas” da dona Lygia Fagundes Telles... recomendo!

Aos meus queridos!!!

Sou uma pessoa privilegiada porque tenho amigos incríveis!
Cada um a seu modo... encrenqueiros, ciumentos, sérios, outros mais engraçados, há também os doidinhos que topam qualquer parada... Porém, todos com um coração enorme e donos de um cantinho especial dentro do meu coração.

Aprendi a amá-los, independente de suas qualidades ou defeitos... saber que estão ali, ao meu lado e prontos para me estender a mão ao menor sinal de perigo é MUITO BOM!

Quero que saibam que a recíproca é verdadeira... amo vocês mais do que imaginam... obrigada por tudo!

terça-feira, 6 de abril de 2010

De Onde Vem a Calma

video
De Onde Vem a Calma
(Marcelo Camelo)

De onde vem a calma daquele cara?
Ele não sabe ser melhor, viu?
Como não entende de ser valente ele não saber ser mais viril
Ele não sabe não, viu?
Às vezes dá como um frio
É o mundo que anda hostil
O mundo todo é hostil
De onde vem o jeito tão sem defeito que esse rapaz consegue fingir?
Olha esse sorriso tão indeciso
Esta se exibindo pra solidão
Não vão embora daqui
Eu sou o que vocês são
Não solta da minha mão
Não solta da minha mão
Eu não vou mudar não
Eu vou ficar são
Mesmo se for só não vou ceder
Deus vai dar aval sim, o mal vai ter fim e no final assim calado eu sei que vou ser coroado rei de mim.

Vai passar...

Dia chuvoso... coração nublado.

Esperar atitudes semelhantes as nossas, é esperar demais?

Esperar do outro... como é difícil!!! Nos penalizamos com esta espera e com as prováveis frustrações que a finaliza.
É errado esperar algumas atitudes do outro nos baseando em nós mesmos?

Quando desejamos o bem a outra pessoa, não é “normal” cuidar e estar presente para poder ajudar se for necessário?

Não é correto sermos minimamente sensíveis e deixarmos os assuntos desagradáveis para conversar numa outra hora, e não num dia que foi difícil para aquela pessoa querida? Isso não recebe o nome de zelo?

Não é comum nos preocuparmos e jamais jogar na cara do outro algo que fizemos por ele?
Então... Esperar atitudes semelhantes as nossas, é esperar demais?

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Desculpa...

Te olho nos olhos e você reclama...
Que te olho muito profundamente.
Desculpa,
Tudo que vivi foi muito profundamente...
Eu te ensinei quem sou...
E você foi me tirando...
Os espaços entre os abraços,
Guarda-me apenas uma fresta.
Eu que sempre fui livre,
Não importava o que os outros dissessem.
Até onde posso ir para te resgatar?
Reclama de mim, como se houvesse possibilidade...
De me inventar de novo.
Desculpa...
Desculpa se te olho profundamente, rente à pele...
A ponto de ver seus ancestrais...
Nos seus traços.
A ponto de ver a estrada...
Onde ficam seus passos.
Eu não vou separar minhas vitórias
Dos meus fracassos!
Eu não vou renunciar a mim;
Nenhuma parte, nenhum pedaço do meu ser
Vibrante, errante, sujo, livre, quente.
Eu quero estar viva e permanecer
Te olhando profundamente.

(Ana Carolina)

Feliz Páscoa!


Lembre-se que para tudo há uma explicação... caso o seu ovo não chegue não fique triste, só não deu tempo.

Feliz Páscoa!!!